Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Nível de água na Barragem do Caia sobe 2,17 metros numa semana

O nível da água da Barragem do Caia, entre Elvas e Campo Maior, subiu 2,17 metros no espaço de uma semana. Os dados foram fornecidos pela Associação de Beneficiários do Caia.

Em termos de volume de água armazenada, o ganho foi de 10,4 milhões de metros cúbicos: era de 3 milhões e 25 mil metros cúbicos em 13 de Dezembro e de 40 milhões e 410 mil metros cúbicos nesta sexta-feira dia 20.

Refira-se que a albufeira da Barragem do Caia tem um volume total de 190 milhões de metros cúbicos. Este valor estava em 15,8% no passado dia 13, enquanto o volume desta sexta-feira corresponde a 21,3%.

Vila Galé sugere presentes de Natal para todos os gostos

 
Para quem ainda precisa de inspiração para os presentes de Natal, a Vila Galé deixa algumas sugestões: vouchers para usar em estadias nos hotéis do grupo em Portugal e no Brasil, mas também para usufruir de uma massagem no spa ou para desfrutar de uma experiência gastronómica, por exemplo.

Com valores de 75€, 100€, 150€ e 200€, estão disponíveis os vouchers Bronze, Prata, Ouro e Platina, respectivamente. Dão acesso a uma noite para duas pessoas com pequeno-almoço incluído num dos 34 hotéis Vila Galé, variando o calendário de utilização.

Para usar nos spas e clubes de saúde Satsanga existe o voucher Massagem (50,00€). Já o voucher Gourmet (50,00€) permite usufruir de uma experiência nos restaurantes Inevitável e Versátil existentes nos hotéis Vila Galé, nas pizzarias Massa Fina ou até nos brunches dos hotéis Vila Galé Collection Palácio dos Arcos, Vila Galé Sintra, Vila Galé Cascais, Vila Galé Ópera e Vila Galé Porto Ribeira. E o voucher Valor (50,00€) pode ser descontado em serviços de alojamento ou de restauração na Vila Galé, mas também em festas de aniversários para crianças ou outros eventos.

Os vouchers estão disponíveis para compra em qualquer hotel do grupo em Portugal, mas também através do departamento de Marketing, enviando o pedido através do site.

Outra ideia para surpreender nesta quadra são os vinhos e azeites Santa Vitória, empresa do grupo Vila Galé dedicada à produção e comercialização destes produtos no Alentejo.

Os vinhos tintos e brancos mais económicos para o dia-a-dia estão na gama Versátil. Por sua vez, a gama Santa Vitória Reserva alia castas nacionais e estrangeiras e estágio em barrica. Refiram-se também os vinhos premium Santa Vitória Monocastas, Grande Reserva e Inevitável, este último feito apenas em anos excepcionais, com as duas castas que mais se destacaram. A marca dispõe ainda de cabazes com vinho, azeite, vinagre e compotas.

Os produtos da Santa Vitória estão à venda em todos os hotéis Vila Galé, nas grandes superfícies e em algumas garrafeiras, bem como na loja online.

Mensagem de Natal do Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho

Neste ano Pastoral de 2019-2020, celebramos o Natal do Senhor, na Alegria de nos sentirmos convocados a ser discípulos missionários da Esperança, muito concretamente, através do acolhimento e da procura dos irmãos, que sentem sede de Esperança e desejam encontrar-se com a Luz.

Sabemos que o ruído próprio da sociedade de consumo em que vivemos confunde os autênticos valores do Natal, com propostas meramente fúteis e banais, e que, por isso mesmo, nós cristãos, somos chamados a mostrar com as nossas vidas, a beleza autêntica do Natal, a sua mensagem e os seus desafios. Assim, nesta sociedade marcada por tantos desencontros, celebremos o Natal como mistério e proposta de encontro. Em Jesus, nascido em Belém, encontramos Deus feito Homem e n’Ele nos encontramos com todos os Humanos: «Glória a Deus nas Alturas e Paz na terra aos homens por Ele amados». (Lc 2, 14).

O «Verbo que Se fez carne» (Jo 1, 14) é verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Eis a lição do presépio, o «Evangelho vivo» como lhe chama o Papa Francisco: Deus habita também no mundo e quer ser habitado por cada pessoa que há no mundo. Por isso, procuremos Deus em Jesus, e acolhamos Jesus em cada ser humano.

Em Jesus, Deus vem ligar o que está desligado. Constatamos que por vezes perdemos os «laços» que nos ligam uns aos outros. Se deixarmos, o individualismo toma de tal maneira conta de nós, que nem nos apercebemos de como estamos aprisionados em nós mesmos. O mistério do Natal é, pois, um convite de abertura total a Deus e à humanidade. É esta abertura que configura a nossa libertação e a nossa felicidade.

Com tantas actividades e ocupações, o nosso olhar torna-se inevitavelmente disperso. Não nos centramos no que verdadeiramente importa. Frequentemente nem no Natal conseguimos parar. Somos pois convidados, neste tempo, a parar e a olhar serenamente para Jesus na Sua imagem de encanto e ternura no presépio, e na Sua presença real na Eucaristia; a reencontrarmos a beleza da nossa vocação e a humanizarmos os nossos ambientes com a força que nos vem do Evangelho.

É a Jesus que pertencemos desde o Baptismo. Estamos n'Ele enxertados para por Ele sermos transformados. Façamos do Natal um acontecimento gerador de paz, pois na manjedoura nasceu a paz duradoura. É essa paz que somos chamados a semear na nossa vida e na humanidade. Deixem-nos envolver por este mistério Santo que nos transfigura e revela a beleza do Amor, pelo qual somos amados.

Não foi para o mundo ficar igual que Deus se fez Natal. É para que tudo seja diferente que Deus revela um amor omnipotente: um amor que é capaz de Se fazer o que nós somos para que nós nos deixemos tocar pelo que Ele é. Sejamos discípulos deste Menino que muda a nossa vida e guardemos a Sua divina Palavra em nosso coração para a testemunhar no dia a dia. Como Maria, que deu Cristo à luz na sua carne, que nós demos Cristo à luz na nossa vida: com o nosso testemunho, com a nossa disponibilidade missionária para acolher, procurar e abraçar.

Discípulos e missionários do Natal, levemos aos mais desprotegidos e abandonados «o Menino que nasceu, o Filho que nos foi dado» (Is 9, 6). Que o melhor presente seja a nossa presença e a transfiguração de Cristo na vida de cada irmão!
Que neste Natal nos encontremos com Cristo e O saibamos ver em quem sofre. Que O encontremos nos mais frágeis e sós e lhes levemos o Sim fraterno do Amor que Deus lhes dedica. Que a nossa criatividade pessoal e a criatividade das nossas comunidades cristãs vençam a rotina ou a inércia e percorram caminhos novos de encontros humanizadores.

Natal é tempo propício e favorável a gestos comprometidos com a esperança e empreendedores de humanidade. Que cada comunidade cristã seja lugar de encontro com Cristo, seja presépio e Natal.

Que os valores supremos da vida humana, desde o seu primeiro instante até à morte natural, dignificada, devidamente assistida e acompanhada; que o valor da família, património imaterial da humanidade e berço natural da vida e que os valores inegociáveis de cada pessoa humana centrem a sociedade na vivência da solidariedade fraterna e sejam compromissos para cada um de nós neste Natal.

+ Francisco José, Arcebispo de Évora

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´