Faixa publicitária
Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária

PSP direciona especial atenção para o início do ano letivo 2022/2023


 
A Polícia de Segurança Publica (PSP) vai direcionar, no decurso das próximas semanas, a sua atenção especialmente para as imediações dos estabelecimentos de ensino, nos percursos casa-escola e escola-casa dos alunos, professores e pessoal auxiliar e pais/encarregados de educação, devido ao início do ano letivo 2022/2023. Assim, e para além das Equipas do Programa Escola Segura, com polícias especificamente formados para concretizar o policiamento de proximidade em ambiente escolar, a PSP mobiliza e complementa a sua atividade com as restantes valências operacionais, como sejam equipas de Policiamento Auto, de Fiscalização de Trânsito e Segurança Rodoviária e de Investigação Criminal.

 Estas equipas, irão priorizar a promoção da segurança pública através da visibilidade e proximidade; da prevenção de ilícitos criminais, contraordenacionais e de incivilidades, quer através de ações de fiscalização, quer de ações de sensibilização e de formação e da informação e sensibilização da comunidade escolar, por intermédio das interações grupais em ambiente escolar.

Em média, por cada ano letivo, a PSP dinamiza cerca de 13.500 ações de sensibilização e de prevenção criminal, abrangendo cerca de 400.000 alunos dos diversos graus do ensino público e privado não universitário.

4 em cada 10 encarregados de educação sentem stress ou temem não ter capacidade financeira para a educação


 
O conflito na Europa está a ter consequências em diversos domínios, nomeadamente impactos económicos que têm vindo a pressionar os rendimentos das famílias. Ainda assim, após dois anos de pandemia, a maioria dos encarregados de educação inquiridos pelo Observador Cetelem Regresso às Aulas 2022 consideram que a sua situação financeira atual é estável (62%), quando comparada com o ano anterior.

No mesmo sentido, no que respeita a educação, 51% dos encarregados de educação afirmam ter hoje total capacidade para a financiar – mais entre os que têm filhos no Pré-Escolar (78%). Já cerca de 22% temem não serem capazes de a suportar e outros 20% admitem que o custo com a educação é uma fonte de stress, sendo este mais sentido entre os encarregados de educação que têm filhos a frequentar o Ensino Secundário (36%). Já 2% confessam precisar de apoio e outros 2% terem ou já terem tido dificuldades.

Os dados do Observador Cetelem revelam que a capacidade de financiamento da educação difere em função do tipo de ensino: Segundo o estudo, mais de dois terços dos encarregados com estudantes no ensino privado (78%) declaram ter total capacidade para financiar a educação. Já no ensino público, apenas 48% afirmam ter capacidade total, 24% têm medo de não conseguirem assumir os encargos e para 20% o custo associado causa-lhes stress – preocupações que apenas 10% e 8% dos encarregados de educação com alunos no privado expressam, respetivamente.

A nível regional também se observam diferenças, com a região Sul a ser aquela em que os entrevistados demonstram mais capacidade para o financiamento da educação dos estudantes (66%). Já na região Norte encontram-se aqueles que mais temem não terem essa capacidade (24%) e os da região Centro os que sentem mais stress com o custo da educação (28%). É também entre os encarregados com maiores rendimentos que mais inquiridos expressam ter total capacidade para financiar a educação (66%).

Ainda assim, 9 em cada 10 entrevistados consideram que o acompanhamento é a melhor forma de garantir o sucesso escolar dos educandos, especialmente, os que têm filhos no Pré-Escolar (94%), no 1.º Ciclo (92%) e no 3.º Ciclo (91%). Apenas 8% consideram ser o dinheiro o principal garante do sucesso escolar.

SOUSEL: Câmara Municipal homenageia aviadores e inaugura monumento de homenagem aos ex-Combatentes do Ultramar em Cano


 
A Câmara Municipal de Sousel vai homenagear no próximo sábado, dia 17 de setembro, os aviadores naturais da freguesia de Cano e proceder à inauguração do monumento de homenagem aos ex-Combatentes do Ultramar, na presença da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Dra. Isabel Ferreira.

O programa, tem início às 9.00 horas, com a abertura da exposição sobre os irmãos Pais de Ramos, antigos aviadores canenses. A homenagem ao piloto Manuel Capela Araújo terá início às 9.15 horas, estando previsto para as 9.30 horas, uma palestra sobre os homenageados.

Às 10.30 horas, o Rossio do Cano vai acolher os paraquedistas, que irão saltar dos céus da freguesia do concelho de Sousel, estando prevista a chegada da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Dra. Isabel Ferreira, para as 10.45 horas.

A inauguração do painel de azulejos "Sou amante da minha terra" decorrerá às 10.50 horas, estando previsto a inauguração do monumento de homenagem aos Ex-Combatentes do Ultramar para as 11.00 horas.

Às 12.30 horas, será descerrada a placa comemorativa do centenário da "atterrissage" do aviador Celestino Pais de Ramos seguindo-se um almoço livre.

À tarde, a Tapada da Rouca recebe o “Encontro Aeronáutico de Cano”, estando previsto para as 21.00 horas, o concerto com a Banda de Musica de Força Aérea Portuguesa, no Rossio do Cano.
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´