Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS: Autarquia remove veículos abandonados na via pública

Os serviços da Câmara Municipal de Elvas procederam, desde a passada sexta-feira, dia 26 de Abril, à remoção das viaturas consideradas abandonadas na via pública, depois de terem sido colocados dísticos com o aviso para os proprietários procederem à sua remoção e que não o fizeram.

Recorde-se que os veículos são considerados abandonados na via pública quando permaneçam no mesmo local, de acordo com o artigo 163.º do Código da Estrada, durante 30 dias consecutivos, em local da via pública ou em parque ou zona de estacionamento isentos do pagamento de qualquer taxa, sendo considerado indevido ou abusivo o estacionamento de veículo.

A situação é igual para viaturas sem chapa de matrícula ou com chapa que não permita a correcta leitura da matrícula, assim como para automóveis que apresentem sinais exteriores evidentes de abandono, de inutilização ou de impossibilidade de se deslocarem com segurança pelos próprios meios, que estejam parados no mesmo local por um período superior a 48 horas.

ELVAS: Altice apresenta investimento em fibra óptica no concelho

A Altice Portugal vai anunciar esta quinta-feira, dia 2 de Maio, em Elvas, o reforço de investimento em infra-estruturação de redes de fibra óptica, no concelho de Elvas.

Este anúncio, está previsto iniciar-se às 16.00 horas, no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho.

Nesta sessão está prevista a presença de Alexandre Fonseca, presidente executivo do Conselho de Administração da Altice Portugal, que iniciará uma visita de dois dias pelo Alto Alentejo, apresentando em vários concelhos alentejanos conjunto de iniciativas que acrescentam valor ao território.

ALTER DO CHÃO: “24 horas Turismo” realiza-se esta quinta e sexta-feira

A vila de Alter do Chão vai acolher esta quinta e sexta-feira, dias 2 e 3 de Maio, a 1.ª edição do "24 Horas Turismo", certame que consiste num desafio entre alunos do Ensino Superior e visa conjugar formação e competição num evento formativo pioneiro recorrendo a metodologias de formação inovadoras.

"Este tipo de iniciativas são extremamente importantes, dada a necessidade que o sector tem em cativar jovens para estudar turismo. Acreditamos que muitos desconhecem as potencialidades do sector, assim como as suas diversas profissões e a atractividade de construir uma carreira profissional no turismo", referiu Ana Paula Pais, Directora de Formação do Turismo de Portugal.

Para o presidente da Câmara Municipal de Alter do Chão, Francisco Reis, "a crescente competitividade entre destinos turísticos tem proporcionado maior atenção por parte dos fóruns académicos e dos operadores profissionais face ao que cada território naturalmente oferece, mas também à estratégia, inovação e criação de experiências únicas. A base da economia da região assenta na agricultura e alguma industria de média dimensão, mas o Alentejo, tal como outras regiões do país, nestes últimos anos, apresenta taxas de procura turística bastante animadoras e a níveis nunca antes vistos".

O autarca acrescenta ainda que "pelas características únicas que o concelho de Alter do Chão apresenta, a nossa estratégia para estimular a economia local e travar o efeito da desertificação assenta no desenvolvimento de mecanismos que permitam aos empresários da região criarem postos de trabalho, crescerem e evoluírem com uma base sustentável. O Interior do país necessita de soluções inovadoras, espírito desafiador e pró-ativo. A promoção e parcerias em projectos como este, como se configura as 24h de Turismo em Alter do Chão, reforça o nosso foco na profissionalização, estudo e valorização do território".

Nesta primeira edição são esperados cerca de 65 participantes de diferentes universidades, de diversas zonas do país, entre as quais o Instituto Politécnico de Portalegre, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo no Estoril, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Politécnico do Porto, o ISLA Santarém, a Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, a Escola Superior Ciências Empresariais IPS.

Ao longo das 24 horas os alunos participantes terão de solucionar um conjunto de desafios teórico práticos baseados no sector turístico do local anfitrião. O objectivo principal consiste no incentivo e motivação de uma atitude dinâmica, esclarecida e empreendedora naqueles que serão os futuros recursos humanos do sector do Turismo em Portugal.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´