Reguengos de Monsaraz candidatou ao PRR a aquisição de dois autocarros elétricos

O Município de Reguengos de Monsaraz candidatou ao Plano de Recuperação e Resiliência a aquisição de dois autocarros elétricos e de dois postos de carregamento de veículos elétricos, no valor de cerca de 600 mil euros. A candidatura foi apresentada ao aviso da descarbonização dos transportes públicos, que financia a totalidade das despesas elegíveis e tem como objetivo aumentar o número de novos autocarros de zero emissões para contribuir para a redução das emissões de carbono no setor dos transportes, que é um dos principais responsáveis pelo consumo de energia primária e uma das principais fontes de emissão de gases com efeito de estufa.

A autarquia pretende adquirir dois autocarros elétricos, um para o transporte escolar no concelho e outro para o serviço público de transporte de passageiros na cidade de Reguengos de Monsaraz. A criação de um circuito urbano de transporte de passageiros vai beneficiar a mobilidade sustentável dentro da cidade, ligando as áreas habitacionais às escolas, instituições bancárias, centro de saúde, mercado municipal, repartição de finanças, câmara municipal, junta de freguesia, zona industrial e grandes superfícies comerciais.

No âmbito do projeto Rurbanlink foi realizado o Estudo de Viabilidade Financeira para a Implementação de Transportes Públicos na Cidade de Reguengos de Monsaraz, que teve como base a avaliação estatística ao inquérito que foi efetuado com uma amostragem equivalente à população da cidade e um grau de confiança de 95 por cento. Através deste ponto de partida foram estudadas possíveis rotas, análise à população, preço dos bilhetes, tipo de viatura, organização do serviço e custos fixos que permitem avaliar os custos e os benefícios de vários cenários.