Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Faleceu D. Maurílio de Gouveia, arcebispo emérito de Évora

D. Maurílio de Gouveia, arcebispo emérito de Évora, faleceu esta terça-feira, dia 19 de Março, no Funchal, local onde nasceu, e para onde regressou depois de chefiar a Arquidiocese de Évora durante 27 anos.

Nascido a 5 de Agosto de 1932, no Funchal, D. Maurílio de Gouveia ingressou no Seminário Diocesano do Funchal, vindo a receber a ordenação sacerdotal em 4 de Junho de 1955. Desenvolveu o seu ministério presbiterial na diocese madeirense, desempenhando entre outros cargos, o magistério de professor.

Em 26 de Novembro de 1973 foi eleito bispo titular de Fabiona, nomeado pelo Papa Paulo VI, para Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa. Foi ordenado bispo na Sé Catedral do Funchal, em 13 de Janeiro de 1974.

Em 22 de Março de 1978 foi nomeado arcebispo titular de Mitilene e vigário-geral do Patriarcado, cargo que desempenhou até 8 de Setembro de 1981, quando foi nomeado por João Paulo II, para a suceder a D. Frei David de Sousa como Arcebispo de Évora. Tomou posse da Arquidiocese, entrando solenemente na Catedral, em 8 de Dezembro de 1981.

Em 2007, ao atingir os 75 anos de idade, segundo a lei canónica, solicitou ao Papa a sua resignação por limite de idade. Em 8 de Janeiro de 2007 foi anunciado o nome do seu sucessor, ficando no cargo de Administrador Apostólico até à tomada de posse do novo Arcebispo.

As celebrações fúnebres de D. Maurílio Gouveia estão marcadas para a próxima quinta-feira, dia 21 de Março e serão presididas pelo Bispo do Funchal, D. Nuno Brás.

Segundo nota da Diocese do Funchal, o corpo de D. Maurílio de Gouveia sai logo pela manhã, às 7.00 horas, do Ermitério de Maria Serena, em Gaula, para a Sé do Funchal, onde deverá chegar meia hora depois, pelas 7.30 horas.

Depois do acolhimento e do ofício de Defuntos, a missa de corpo presente será presidida por volta das 8.30 horas pelo Bispo do Funchal, D. Nuno Brás.

Logo após a missa, o corpo seguirá para o Aeroporto da Madeira, às 10.00 horas, onde partirá em direcção à Diocese de Évora para ser sepultado.

Delta Cafés vai estar no Lisbon Coffee Fest com um espaço trendy e interactivo

Reconhecida pela qualidade excepcional além-fronteiras, a Delta Cafés está no primeiro grande Festival do Café – o Lisbon Coffee Fest com um espaço trendy e interactivo - o unboxingdelta, que abre as portas aos vários visitantes deste evento pioneiro em Portugal, e que se realiza de 22 a 24 de Março, na Lx Factory.

Novos sabores, novos aromas, novos formatos e novas formas de desfrutar do Café Delta chegam agora a este festival. Com novidades para todos, há ainda um novo café Delta desenvolvido especialmente para o Lisbon Coffee Fest, que promete conquistar todos os visitantes do festival! Além disso, a gama Origens levará os vários visitantes a viajar pelo mundo imaginário do café, sem terem de sair do lugar.

Para todos os consumidores Bio, a Delta Cafés irá dar a provar o café exclusivamente biológico – o Delta Bio Coffee. O café com certificação de produção biológica que garante as melhores práticas ambientais e o recurso a processos e substâncias naturais na sua produção.

Mas as novidades não se esgotam por aqui! A Delta Cafés irá proporcionar diferentes desafios no Festival e nas suas plataformas digitais com oferta de brindes a todos os apreciadores de café.

CRATO: GNR auxilia idoso por estar muito debilitado

A Guarda Nacional Republicana (GNR), através da Secção de Prevenção Criminal e de Policiamento Comunitário (SPC) de Portalegre, em colaboração com o Posto Territorial do Crato, auxiliou esta segunda-feira, dia 18 de Março, um idoso de 75 anos, naquela localidade, por este estar muito debilitado.

Militares da SPC, durante uma acção de policiamento e acompanhamento de idosos sinalizados no do âmbito do programa "Idosos em Segurança", deslocaram-se à residência do referido idoso e encontrando-o muito debilitado e com muitas dificuldades em respirar e andar, sendo de imediato auxiliado pelos militares, os quais accionaram os meios de emergência para o local. Devido ao estado de saúde do idoso, houve a necessidade do mesmo ser transportado para unidade hospitalar, onde se encontra a receber tratamento.

A GNR remeteu o assunto às entidades de acção social competentes.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´