Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS: Incêndio em habitação deixa três mulheres desalojadas

Três mulheres ficaram, este domingo, dia 13, desalojadas na sequência de um incêndio num prédio em Elvas.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Elvas, o alerta deu-se pelas 10.53 horas, tendo o fogo destruído a cozinha e uma sala contígua no primeiro andar do prédio e provocado danos nos quartos.

As desalojadas são duas irmãs com idades entre 25 e 35 anos e uma idosa residente no rés-do-chão no mesmo prédio, cuja casa ficou sem condições de habitabilidade.

As três mulheres estão agora alojadas em casa de familiares.

Uma outra residente no edifício, com cerca de 30 anos, saltou de uma janela com cerca de quatro metros de altura para fugir do fogo, tendo sofrido ferimentos ligeiros. A vítima acabou por ser transportada para o hospital de Santa Luzia.

Desconhecem-se para já as causas do incêndio.

PORTALEGRE: Eleitos das freguesias contra extinção ou fusão das Juntas

Os eleitos de 46 das 86 Juntas de Freguesia do distrito de Portalegre, reunidos no II Encontro Distrital mostraram-se este sábado, dia 12, contra a extinção ou fusão de freguesias decorrente da reorganização administrativa.

Os autarcas reunidos no Centro de Congressos da Câmara Municipal de Portalegre defenderam ainda que as competências atribuídas às freguesias devem de ser acompanhadas de meios humanos e financeiros.

AVIS: Cadáver encontrado na albufeira da barragem do Maranhão

O cadáver de um homem em adiantado estado de decomposição foi encontrado hoje na albufeira da barragem do Maranhão, na zona de Avis, disse à Agência Lusa fonte da GNR.

A mesma fonte adiantou que o cadáver está «irreconhecível», motivo pelo qual só depois da autópsia se poderá confirmar se este é o corpo do homem desaparecido naquela zona em Dezembro de 2010.

Segundo a GNR, o corpo foi encontrado a cerca de 200 metros do local onde estava estacionado o veículo do homem na altura do seu desaparecimento, junto à primeira ponte sobre a albufeira do Maranhão, no sentido de Ponte de Sor para Avis.

As autoridades indicam como sendo apenas uma hipótese tratar-se do corpo do homem desaparecido em Dezembro e remetem a confirmação para o resultado da autópsia.

A GNR indicou ainda que o corpo do homem foi transportado para a morgue do hospital de Portalegre para se efectuar a autópsia na segunda-feira.

O alerta do aparecimento do cadáver, à tona de água, foi dado cerca das 10.30 horas, através do 112.

O homem de 54 anos, que desapareceu naquela zona a 14 de Dezembro de 2010, militar da GNR na reserva, residia em Galveias, Ponte de Sor (Portalegre), e durante vários dias foram efectuadas buscas para o encontrar, incluindo na albufeira do Maranhão, mas as várias diligências revelaram-se infrutíferas.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´