Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

GNR detém cinco romenos por pesca ilegal no Alqueva

Cinco romenos foram detidos na madrugada de domingo pela GNR nas margens da albufeira de Alqueva, perto de Mourão, por suspeita de pesca ilegal com recurso a redes, disse esta terça-feira fonte da força de segurança.

A fonte explicou que uma patrulha do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Reguengos de Monsaraz detetou "cerca de dois mil metros de redes", colocadas de forma estratégica numa das ramificações da albufeira de Alqueva.

Segundo a mesma fonte, pelas 3.00 horas de domingo, foi avistada uma viatura suspeita a dirigir-se para o local onde se encontravam as redes, tendo sido detidos cinco homens de nacionalidade romena, com idades compreendidas entre os 25 e os 35 anos.

Três dos cinco romenos são reincidentes, uma vez que já tinham sido detidos pelo mesmo crime no passado mês de Abril, acrescentou a fonte da GNR.

De acordo com a mesma fonte, foram apreendidos 600 quilos de peixe, a maioria carpas e achigãs, sendo que metade do pescado foi devolvido à água, por estar ainda vivo, enquanto os outros 300 quilos foram entregues à Santa Casa da Misericórdia.

A GNR apreendeu ainda uma viatura ligeira de passageiros, um reboque para transportar embarcações, duas embarcações, um motor de embarcação, um vasilhame com 20 litros de combustível e cerca de dois quilómetros de rede.

Presentes a tribunal, os cinco homens ficaram sujeitos ao Termo de Identidade e Residência (TIR).

Na operação, participaram militares do SEPNA de Reguengos de Monsaraz, auxiliados por militares dos Postos Territoriais de Mourão e Granja.

ÉVORA: PJ investiga morte na Barragem do Monte Novo

A Polícia Judiciária está a investigar as causas da morte de um homem que foi encontrado no passado sábado, dia 21 de Maio na Barragem do Monte Novo, em Évora.

A vítima estava sem qualquer identificação e aparenta ser de origem asiática, com idade entre os 30 e 40 anos. As autoridades não excluem a hipótese de crime violento.

"Neste momento todos os cenários são possíveis, incluindo o de homicídio", referiu fonte das autoridades locais, acrescentando que devido ao facto de não existir ninguém dado como desaparecido na região com as características do cadáver foi necessário recorrer à investigação da Polícia Judiciária.

O corpo foi localizado ao início da tarde de sábado em avançado estado de decomposição. "O rosto parece ser de um chinês. Deve estar morto há cinco ou seis dias", referiu a fonte.

O cadáver foi removido da água pelos bombeiros de Évora e transportado para o Instituto de Medicina legal daquela cidade.

CAMPO MAIOR: "Lan Party" e torneio de "Counter Strike" é dia 28 de Maio

 

O Centro Comunitário de Campo Maior vai acolher no próximo sábado, dia 28 de Maio, entre as 10.00 e as 18.00 horas, uma "Lan Party", estando na mesma incluído um torneio de Counter Strike1.6.
 
Trata-se de um evento técnico e de entretenimento social, e tem como principal objectivo promover a sociabilidade, a diversão e a competição saudável entre os participantes.

Para mais informações poderá consultar o site desta "Lan Party", em http://cmlanparty.pt.vu/.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´