Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Ministério vai reavaliar a proposta de encerramento das escolas

O Ministério da Educação (ME) já não vai encerrar as 654 escolas do primeiro ciclo do ensino básico, com menos de 21 alunos, que tinha intenção de fechar este mês, no âmbito do plano de reorganização da rede escolar.

Segundo o Diário de Noticias a equipa de Nuno Crato, que agora tomou posse, garantiu que irá reavaliar a proposta de encerramento das escolas e o seu impacto e já comunicou a decisão aos municípios.

Nuno Crato prometeu ainda uma reavaliação rápida da questão, muito embora, adianta o Diário de Notícias, não haja uma data prevista para isto.

Da lista das 32 escolas que deveriam encerrar no Alentejo no próximo ano lectivo, quatro localizam-se no distrito de Portalegre: Escola Básica de Arez, no concelho de Nisa; Escola Básica de Montinho, em Portalegre, a Escola Básica de Chança, em Alter do Chão e a Escola Básica de Malvar (Varche), no concelho de Elvas.

Entre os estabelecimentos que o anterior governo anunciou encerrar, 384 localizam-se no Norte do país, 152 no Centro e 121 na região de Lisboa e vale do Tejo.
 
As regiões menos afectadas pelo programa de reordenamento da rede escolar do Governo são o Alentejo, com 32 escolas a fechar, e o Algarve, com 12.

BORBA: GNR detém idoso por exibicionismo sexual

Um idoso de 80 anos foi detido na última quinta-feira à noite pela GNR, em Borba, por estar a praticar actos de carácter exibicionista na via pública, disse fonte daquela força de segurança à Lusa.

O homem estava no jardim municipal da cidade de Borba a praticar actos exibicionistas de natureza sexual perante menores.

A fonte daquela força de segurança acrescentou ainda que o homem foi detido, constituído arguido e notificado para comparecer em tribunal, tendo sido julgado esta sexta-feira em processo sumário, desconhecendo o militar a sentença proferida.

ELVAS: Festival Medieval termina este domingo no Castelo

Termina hoje, domingo, a 5ª edição do Festival Medieval de Elvas, que decorre na área envolvente ao Castelo de Elvas.

Recriações históricas, apresentações acrobáticas, danças e tabernas promete aos visitantes todo o espírito da época que este certame retrata.

Para este último dia do Festival Medieval está agendada a seguinte programação:

15.00 horas – Abertura do Festival; Anúncio do torneio de armas;
15.30 horas – Assalto ao burgo por castelhanos heréticos seguidores do Papa de Avinhão. Sua prisão e castigo público com excomunhão da Igreja; sermão do pregador da capital;
16.30 horas – Artimanhas sarracenas: a arte do encantador de serpentes, do faquir berbere, da dança sufi e das danças do ventre;
18.00 horas – Torneio de Armas a Cavalo e Adubamento de Cavaleiros;
19.00 horas – Concurso de trovas à desgarrada; Bailias e folias nas praças;
20.00 horas – Juízo de Malfeitores; Aplicação de castigos a relapsos e heréticos contumazes;
21.00 horas – Encerramento do Festival, com todos os grupos presentes.

Veja aqui a nossa reportagem fotográfica.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´