Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

NISA: GNR detém mulher de 51 anos por plantação de cannabis

 
A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve esta terça-feira, dia 30 de Junho, em Nisa, uma mulher de 51 anos, pelo crime de cultivo de estupefacientes.

De acordo com o Comando Territorial de Portalegre da GNR, e no âmbito de uma investigação por cultivo de estupefacientes que durou cerca de dois meses, onde foi possível apurar que uma mulher se dedicava ao cultivo de cannabis numa zona rural da União de Freguesias de Arês e Amieira do Tejo, foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária que resultou na apreensão de 41 pés de plantas cannabis sativa. A suspeita alegou que a plantação seria para consumo próprio e não com intenções de comercializar.

A detida foi constituída arguida e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Nisa.

SOUSEL: Obras na Estrada da Circunvalação já arrancaram

 
As obras de beneficiação da Estrada da Circunvalação, em Sousel, arrancaram na manhã de quinta-feira, dia 2 de Julho. Os trabalhos, que contemplam a fresagem da via e aplicação de uma camada de betão betuminoso, forma a melhorar as condições de segurança e de circulação rodoviária e pedonal, têm um prazo de execução de 30 dias.
 
A referida intervenção foi adjudicada pela Câmara Municipal de Sousel à empresa JJR Construções SA e visa resolver o estado de degradação em que se encontra esta via de circulação.
 
A Câmara Municipal considera estas obras necessárias para a segurança de todos, pelo que pede a colaboração e compreensão de todos os moradores afectados com estas obras.

ELVAS: PSP faz cessar convívio com mais de 20 pessoas

 
A Polícia de Segurança Pública (PSP) vez cessar na madrugada da passada quarta-feira, dia 1 de Julho, um convívio que se realizava em Elvas, na via pública, com mais de 20 pessoas.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Portalegre da PSP, face ao estado de alerta que vigora, no âmbito da pandemia Covid-19, este ajuntamento obrigou à intervenção da Divisão Policial de Elvas, com o emprego de vários meios, por forma a fazer cessar esse mesmo convívio.

O facto de a ordem da PSP não ter sido acatada por todos, originou a detenção de três indivíduos: um do sexo masculino e dois do sexo feminino, pela prática do crime de desobediência. Nesta intervenção, foram ainda apreendidos vários objectos que se encontravam na via publica e estavam a ser utilizados pelos indivíduos em causa.
 
Os 3 detidos foram libertados e notificados para comparecerem no tribunal, estando a decorrer o inquérito criminal.

A Polícia de Segurança Pública apela ao cumprimento rigoroso das normas vigentes no estado de alerta anual e informa que, estará atenta a qualquer infracção detectada e fará cessar a mesma, pedindo a colaboração de toda a população elvense para que, nesta fase, se abstenha de qualquer comportamento que seja considerado de risco e que ponha em causa a saúde pública da comunidade.
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´