Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Casos de Covid-19 continuam a subir. Em Elvas, numa semana, registaram-se 59 novas infecções

 
Os novos casos de Covid-19 têm estado a subir em todo o país, e Elvas não é excepção. Só na última semana foram reportados mais 59 casos no concelho.

De acordo com fonte da Câmara Municipal de Elvas, no sábado, dia 7, registavam-se 92 casos, dos quais 34 estavam activos e 58 recuperados.

Com o agravar da situação pandémica, em 7 dias, Elvas registou mais 59 casos, estando agora com 144 casos confirmados, 70 activos e 74 recuperados.

AEElvas afirma que Governo deu uma nova “machadada” ao setor da restauração e do comércio

 
A direcção da Associação Empresarial de Elvas (AEElvas) afirmou esta sexta-feira, dia 13 de Novembro, através de um comunicado enviado à comunicação social, que o Governo deu uma nova e dura “machadada” ao sector da restauração, e do comércio, impedindo que as pessoas possam deslocar-se, aos fins-de-semana e depois das 13 horas para frequentar aqueles estabelecimentos comerciais.

“Parte da facturação mensal dos restaurantes e similares, e do comércio generalizado, é concentrado no período que agora está identificado como “restrito à circulação pública”. Na prática, a facturação diminuirá ainda mais, e as consequências mais directas dessa redução significativa serão: mais encerramentos, mais despedimentos, mais ordenados em atraso e mais precariedade laboral”, refere a direcção da AEElvas.

Desta forma, a AEElvas manifesta-se por esta via, quer nas associações e parceiros de âmbito nacional, quer aos órgãos locais, como representante dos associados, de forma directa ou indirecta, com o sector em causa, afectados enormemente por este cenário, expressando o seu pedido para que se possa reformular esta posição por parte do Governo.

Leia aqui o comunicado da AEElvas na integra.

ÉVORA: Mercado Municipal 1.º de Maio encerra preventivamente devido a caso positivo de Covid-19

 
A Câmara Municipal de Évora encerrou esta sexta-feira, dia 13 de Novembro, preventivamente, o Mercado Municipal 1.º de Maio, depois da detecção de um caso de Covid-19 entre um dos lojistas.

Face a esta situação, a autarquia irá promover a realização de testes a todos os funcionários municipais que trabalham naquele espaço, podendo ainda os operadores que assim o desejarem solicitar à Câmara Municipal a realização de testes de despiste.

De acordo com fonte da autarquia, "a reabertura do Mercado acontecerá assim que as condições sanitárias o permitirem, de acordo com as normas emanadas pelas autoridades de saúde".
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´