Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária

Unidade Especial de Recolha de Resíduos Perigosos vai estar instalada em Reguengos de Monsaraz

 
A Unidade Especial de Recolha de Resíduos Perigosos da Gesamb – Gestão Ambiental e de Resíduos vai estar instalada de 22 a 27 de Novembro e no dia 29 do mesmo mês no Campo 25 de Abril, nas traseiras do tribunal, em Reguengos de Monsaraz. Esta unidade serve para os munícipes colocarem resíduos perigosos e com risco de contaminação que tenham em casa e que não devem ser depositados no lixo comum.

A Unidade Especial de Recolha de Resíduos Perigosos é uma solução de deposição itinerante e em regime de proximidade que funciona durante os dias de semana das 11.00 às 14.30 horas e entre as 15.30 e as 18.30 horas e aos sábados das 10.00 às 13.00 horas e entre as 14.00 e as 18.00 horas, com um técnico a prestar apoio e a esclarecer as dúvidas dos utilizadores. Este serviço é gratuito e pode ser usado pelos munícipes para depositarem cosméticos, telemóveis, electrodomésticos, lâmpadas, aerossóis, produtos de limpeza, pesticidas, tintas, vernizes, pilhas e baterias, que são objectos de uso quotidiano que possuem na sua composição materiais tóxicos, inflamáveis, corrosivos ou contaminantes.

Esta unidade pioneira no país vai estar instalada em regime de itinerância nos 12 concelhos do distrito de Évora da área de intervenção da Gesamb para recolher em segurança objectos que existem em quase todas as habitações e que são considerados perigosos quando descartados indevidamente, podendo mesmo poluir os recursos hídricos locais ou afectar a fauna e a flora. A Unidade Especial de Recolha de Resíduos Perigosos esteve instalada no início do mês em Évora, seguiu-se Mourão e a partir de 22 de Novembro estará em Reguengos de Monsaraz.

Portugueses tencionam gastar 150€ no Black Friday e da Cyber Monday


 
A Black Friday e a Cyber Monday são dois dos eventos mais esperados do ano, uma vez que são períodos com grandes descontos e que, por isso, apelam ao consumo.

De acordo com novo estudo do Observador Cetelem Natal 2021, 43% dos portugueses inquiridos revelam que vão realizar algumas compras no âmbito da Black Friday e da Cyber Monday para aproveitar as promoções e antecipar as compras de Natal (32%). Já 11% admitem aproveitar a ocasião para fazer compras para si ou para os outros, sem estar relacionado com o Natal.

Os jovens com idades compreendidas entre os 25 e 34 anos e os 18 e os 24 anos (58% e 50% respectivamente), e os habitantes na Grande Lisboa (57%) são os que mais tencionam aproveitar estes dias de descontos. 30% dos inquiridos admitem que não tencionam aproveitar estas datas, mais concretamente os portugueses dos 55 aos 64 anos (41%).

Durante estes dias promocionais, os portugueses optam por comprar essencialmente vestuário e acessórios (68%). Seguindo-se os perfumes e a maquilhagem (48%), os brinquedos (31%), os relógios e jóias (24%) e, a fechar o top cinco, os artigos tecnológicos (12%).

A maioria (67%) dos que vão fazer compras espera encontrar descontos entre 40% e 50% nos produtos e apenas 27% dos inquiridos consideram comprar um produto se o desconto for inferior a 40%. Em termos de gastos, os portugueses revelam que tencionam gastar em média 150 euros: 30% contam gastar entre 101 e 150 euros; 18% entre 76 e 100 euros e 13% entre 151 e 250 euros. Apenas 8% dizem que tencionam gastar mais de 251 euros.

Apesar desta adesão demonstrar que alguns consumidores valorizam estes dias de descontos, 90% percepcionam o Natal como um período de consumo excessivo. Uma consciência que é mais visível no Porto (95%) e em geral no Norte (91%) e menos na Região Centro (81%) e em Lisboa (89%).

Campanha "Viajar sem pressa" decorre até 22 de Novembro


 
A Polícia de Segurança Pública (PSP), a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) e a Guarda Nacional Republicana (GNR) lançam esta sexta-feira, dia 19 de Novembro, a Campanha de Segurança Rodoviária “Viajar sem pressa”, inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021.

A decorrer entre os dias 19 e 22 de Novembro, a campanha tem como objectivo alertar os condutores para os riscos da condução em excesso de velocidade, dado que esta é uma das principais causas dos acidentes nas estradas e é responsável por mais de 50% das infracções registadas.
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´