Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

AquaBadajoz encerra temporada aquática 2020 este domingo

 
A "AquaBadajoz", o maior parque de diversão aquática de todo o Alentejo e extremadura espanhola, vai encerrar a temporada aquática 2020, este domingo, dia 26 de Julho, devido à Covid-19.

O anúncio, foi efectuado através das redes sociais da empresa, tendo esta agradecido a todos os clientes e a todos os trabalhadores o esforço realizado no decurso desta campanha.

De recordar que o parque aquático da AquaBadajoz abriu portas no passado dia 23 de Junho, depois de ser alvo de várias fiscalizações por parte das entidades competentes, devido à situação ao coronavírus.

ELVAS: Câmara adjudica mais de 2,3 milhões de euros em obras

 
A Câmara Municipal de Elvas, na sua reunião de 22 de Julho, decidiu adjudicar à empresa Empatia – Arqueologia, Conservação e Restauro, Lda. a empreitada de recuperação, conservação e valorização do Aqueduto da Amoreira, primeira fase, que corresponde a um troço em parte do Rossio de São Francisco, em Elvas, por um milhão 458 mil euros. Na mesma sessão de trabalho, a autarquia adjudicou à empresa Efima – Eficiência, Instalações e Manutenção, Lda. a empreitada do Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia, nas instalações do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), antiga Estação de Melhoramento de Plantas, em Elvas, pelo valor de 894 mil euros.
 
Nesta sessão, o executívo municipal decidiu também abrir o procedimento para a atribuição de bancas no Mercado Municipal da Casa das Barcas, em Elvas, para a venda de fruta e produtos hortícolas. Foi aprovado o Regulamento do Museu de Arte Contemporânea de Elvas – Colecção António Cachola; o documento segue para aprovação para a próxima reunião da Assembleia Municipal.
 
Aprovadas duas alterações ao trânsito, no parque de estacionamento junto ao Aqueduto da Amoreira, na Avenida de Badajoz, e na Avenida Garcia da Orta.

CAMPO MAIOR: GNR detém homem por mandato de detenção europeu

 
A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve em Campo Maior, um homem, de 42 anos, no âmbito de um mandado de detenção europeu, no concelho de Campo Maior.

No âmbito de uma diligência de inquérito em curso, e quando se procedia à notificação para comparência em acto processual, o visado declarou não ser portador de documento de identificação por ter sido alvo de furto. No entanto, tal facto levantou suspeitas por o mesmo se encontrar a residir no concelho de Campo Maior e o Posto não ter registado qualquer furto de documentação daquele homem.

No seguimento das diligências policiais para apurar os factos, foi consultada a base de dados do Sistema de Informações Schengen, concluindo-se que o mesmo tinha um mandado de detenção europeu emitido pela Roménia, sobre o qual recaiam crimes de furto, falsificação de documentos e condução de veículo automóvel sem habilitação, tendo para cumprir três anos e oito meses de prisão efectiva.

O suspeito foi detido, afim de aferir a possibilidade de extradição para cumprimento da pena.
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´