Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

PONTE DE SOR: GNR identifica estrangeiros em situação irregular

A Guarda Nacional Republicana (GNR) identificou em Ponte de Sor, sete cidadãos estrangeiros por se encontrarem em situação irregular no país.

No âmbito de uma operação de controlo a cidadãos estrangeiros que trabalham na área da agricultura, com o objectivo de verificar a sua situação em Território Nacional, os militares fiscalizaram 20 pessoas de diversas nacionalidades.

Dessa fiscalização, resultou a detenção de sete pessoas, com idades entre os 25 e os 40 anos, em situação irregular, tendo sido notificado um indivíduo para abandonar voluntariamente do país, e seis para comparecerem no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a fim de regularizarem a sua situação.

REGUENGOS: Obras de requalificação da Praça da Liberdade iniciam-se hoje

A principal praça de Reguengos de Monsaraz vai entrar em obras esta quarta-feira, dia 20 de Maio, num investimento de 880 mil euros, com o apoio de fundos comunitários.

A requalificação da Praça da Liberdade deveria ter começado em Março, mas o município e a empresa responsável pela empreitada decidiram adiar o início dos trabalhos devido à Covid-19, iniciando-se agora com "os devidos cuidados de protecção dos trabalhadores".

Envolvendo um investimento de cerca de 880 mil euros, apoiado em 85% por fundos comunitários, o projecto, que tem um prazo de conclusão de 270 dias, está integrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Reguengos de Monsaraz.

Segundo o município, a empreitada vai permitir "aumentar a área pedonal e criar zonas amplas para esplanadas para os espaços de restauração no tabuleiro poente", estando previstas "novas árvores e uma estrutura de apoio com palco para actividades culturais".

ALANDROAL: Câmara lança iniciativas para dinamizar a economia local

A Câmara Municipal de Alandroal vai desenvolver, nos próximos meses, iniciativas de promoção da restauração, comércio e produtos endógenos para "contribuir para o relançamento da actividade económica local", que "sofre os efeitos da pandemia" da Covid-19.

Em comunicado, o município, indicou que as iniciativas consistem na entrega de cupões em função do consumo realizado nos estabelecimentos para participação em sorteios mensais que podem ser trocados por novo consumo nos locais aderentes.

Os prémios são de 500, 250 e 100 euros por mês e por iniciativa, o que perfaz um total de prémios de quase 7.000 euros.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´